Renatto Ratti, a grande estrela do Barolo!

Renato Ratti, após estudar enologia na Universidade de Alba, na Itália, viveu 10 anos no Brasil, onde foi responsável pela produção de vermutes e espumantes da marca Cinzano.

Em 1965 Ratti retornou à sua terra natal e comprou a primeira vinha para a produção de Barolo: um pequeno lote na zona histórica de Marcenasco, logo abaixo da Abadia de L’Annunziata, em La Morra, na região do Piemonte.

Em pouco tempo Ratti ganhou notoriedade e se tornou um dos produtores mais respeitados da região. Aperfeiçoou a técnica de vinificação, maturação e refinamento para o Barolo Marcenasco, com objetivo de obter elegância, sutileza e longevidade dignas da uva Nebbiolo.

Enólogo excepcional, historiador e comunicador, Renato Ratti se tornou um dos principais motores da revolução cultural que tornou os vinhos do Piemonte e da Itália conhecidos e admirados em todo o mundo!

Após sua morte prematura em 1988, seu filho Pietro assumiu o comando da vinícola e continuou a obra de seu pai. Hoje dá continuidade à missão de manter como único propósito o espírito e respeito pelas uvas e vinhedos de origem.

Conheça os vinhos de Renato Ratti na Ravin!

O QUE FAZER COM O VINHO DEPOIS DE ABERTO?

O importante é diminuir ao máximo o contato do líquido de dentro da garrafa com o oxigênio do ar, para que a oxidação do vinho seja lenta e não prejudique os aromas e sabores, e então posamos tomar o mesmo vinho no dia seguinte.

Muitas vezes abrimos uma garrafa e não a tomamos inteira. Mas aí, o que fazer?

Para isso, aqui vão algumas dicas:

1) Coloque a própria rolha do vinho novamente na garrafa e guarde-a na geladeira. A baixa temperatura da geladeira também retarda o processo de oxidação do vinho.

2) Use uma bomba à vácuo para eliminar grande parte do oxigênio de dentro da garrafa e guarde-a na geladeira.

Seguindo estas dicas, o VINHO TINTO pode ser consumido por até 3 dias após aberto e os VINHOS BRANCOS e ROSÉS, até 2 dias após abertos.

No caso de espumantes, existem rolhas especiais para guardar as garrafas abertas e impedir a saída do gás. Neste caso, ESPUMANTES devem ser consumidos até 1 dia após aberto.

Agora que você já sabe o que fazer com a garrafa após aberta, não deixe de abrir o seu vinho e aproveitar todos os momentos!

Saúde!

PIZZA e VINHO é sempre uma boa ideia!

Comemoramos o DIA DA PIZZA no dia 10 de julho e nada melhor do que combinar com VINHO, né?!

A verdade é que tanto vinhos tintos como brancos, e até espumantes vão bem nesta harmonização.

Confira aqui algumas dicas para combinar vinhos com os diferentes sabores de pizza:
PIZZA DE MUSSARELA combina com vinhos de uvas delicadas como a Dolcetto.
PIZZA MARGHERITA combina com tintos italianos como Chianti.
PIZZA DE CALABRESA combina com vinhos mais encorpados, como os da uva Cabernet Sauvignon.
PIZZA DE 4 QUEIJOS combina com vinhos brancos da uva Chardonnay.
PIZZA DE FRANGO COM CATUPIRY combina com um bom espumante brut.
PIZZA DE RÚCULA COM TOMATE SECO combina com brancos de aromas herbáceos e frutados, como os da uva Sauvignon Blanc.

Pronto! Agora é só escolher a sua pizza favorita e garantir um vinho na Ravin!

Saúde!!!